Seja bem-vindo, você associado, integrantes do trade turístico, ou vistante ao novo espaço de informação, interação, integração e conhecimento do SINGTUR-PA. Ética, profissionalização e transparência dão a tônica do trabalho que pretendemos desenvolver, a fim de valorizar ainda mais este profissional. Vamos a luta!

A Presidência

terça-feira, 3 de junho de 2014

Terminal Hidroviário - impressões!

O Terminal Hidroviário de Belém despontam com um potencial equipamento turístico não somente para as linhas regulares de Belém, Marajó, Manaus, Macapá e Santarém, mas também para o atendimento de passeios turísticos e o recebimento de transbordo dos cruzeiros marítimos. Alguns detalhes:
Belíssima foto logo na entrada do terminal, um convite para desbravar os rios da região!

Carrinhos de bagagem, igual ao do aeroporto!

Sala de embarque!

Policiamento e apoio ao turista!

Painéis de informação multiuso, com notícias e a previsão do tempo!

Espaço e assentos de espera!

Painel com horários de saídas e chegadas!

Muito conforto no embarque e desembarque, flutuantes e acesso ao terminal cobertos.

Posto de Informações Turísticas!

Muitas opções de compra e artesanato com ótimos preços!

Para os visitantes mais atentos, itens sustentáveis.

Ampla área com vista para a baía e boas opções de alimentação.

Vista para a baía do Guajará, mais uma janela para o rio!

Sustentabilidade!
 
Fonte: Fábio Romero Blog. Disponível em: http://fabioromero.blogspot.com.br/
 
 

sábado, 31 de maio de 2014

Assembleia geral dos Guias de Turismo do Pará 2014/2


Caros associados, gostaríamos de informar que a Assembléia Geral dos Guias de Turismo ocorrerá conforme abaixo:


Dia: 02/06/2014 (segunda-feira)
Horário: 18:30h
Local:  SENAC - PA

End. Av. Serzedelo Corrêa nº 279 - Nazaré


Pauta:

- Congresso de Guias 2014 e proposta 2015, com Bonito;
- Congresso de Guias de Turismo 2017; 
- Especialização Guia Internacional;
- Sensibilização com órgão gestores públicos para o Círio 2014;


- Denúncias enviadas ao Singtur-Pa;

- Apresentação e discussão dos roteiros gastronômicos Enjoy;


Fique informado, quem são os representantes do Singtur-Pa:


Diretoria – Conselheiros:

- Presidente – Ana Célia

- Vice-presidente – Nazaré Kawage

- Financeiro – Antônio Cunha e Patrícia Ladeira

- Conselho de Ética – Ana Paula Magalhães

- Secretários – vago

- Qualificação e Comunicação - Angela do Mar

- Conselheiro – Fabio Romero


Ps.: não esqueçam de levar os valores referentes as mensalidades do Singtur-Pa;

Venha, participe, divulgue para a sua lista de contato. Esta luta também é sua!
Ana Célia
Presidente Singtur-Pa - Ética, profissionalização e transparência!
Contatos: 55 (91) 8853-2295 / 8186-4594 / singturpa@gmail.com.br / http://www.singturpa.blogspot.com/
Correspondências: Tr. Tirandentes, 740, Ap: 601 - CEP: 66053-330
Fabio Romero
Turismólogo
Conselheiro Singtur-Pa

segunda-feira, 19 de maio de 2014




Projeto Turismo na Escola une lazer e aprendizado


  • Belém lança projeto Turismo na Escola para incentivar estudantes a valorizar a preservação do patrimônio histórico,cultural e ambiental do município.




O turismo pedagógico, ramo que une lazer e aprendizado, teve início no século XIV e alcançou seu expoente na Europa. A França no século XVI realizou duas modalidades de viagem de lazer: o Petit Tour e o Grand Tour, sendo este último com propósito educacional voltado para visita a lugares culturais e históricos, observando ainda maneiras e costumes.


A experiência era fazer com que os jovens vivenciassem aquilo que já conheciam por meio da literatura com o intuito de que adquirissem mais sabedoria através da experiência com novas culturas. Na modernidade, alguns setores retomam essa ideia acreditando novamente no turismo como aliado do processo educacional.


Em vista disso, a Coordenadoria Municipal de Turismo, Belemtur, lança o projeto “Turismo na Escola: descobrir, entender e cuidar de Belém”, que visa incentivar crianças de escolas municipais a descobrir a sua cidade de maneira descontraída e pedagógica, aprendendo a valorizar a importância da preservação do patrimônio histórico, cultural e ambiental do município.


O titular da Belemtur, Maikenn Souza, ressalta a importância do projeto para o aprendizado dos alunos. “Essas crianças vão poder unir o útil ao agradável. Elas terão a oportunidade de conhecer melhor a cidade em que vivem e assim ficarão mais sensibilizadas em cuidar da cidade, até porque elas são o nosso presente e o nosso futuro”, avalia o coordenador.


Belém é uma cidade rica em atrativos turísticos. Oferece um ótimo cenário para colocar em prática o turismo pedagógico. Desde a arquitetura histórica na Cidade Velha com igrejas, museus, praças, teatros, gastronomia e dança. Todos esses atrativos são instrumentos para o aprendizado sobre a Amazônia e seu processo histórico e de desenvolvimento.


O projeto engloba alunos do sexto ano do ensino fundamental de escolas públicas de Belém na faixa etária de dez a doze anos. De acordo com a Secretaria Municipal de Educação, Semec, é nessa idade que as crianças possuem maior facilidade em aprender coisas novas.


Duas vezes na semana os alunos irão fazer um City Tour com a presença de guias de turismo pelos principais pontos turísticos da cidade, como Complexo Feliz Luzitânia, Praça da República, Mangal das Garças, polo Joalheiro e Basílica Santuário.


Lanches, bonés e cartilhas didáticas informativas serão distribuídos entre as crianças durante o City Tour. Estima-se que aproximadamente quatro mil alunos de 62 escolas municipais sejam beneficiadas com o projeto.


O primeiro passeio será realizado no dia 21 de maio no período da manhã com os alunos do sexto ano da Escola Municipal Honorato Figueira, localizada no bairro da Cidade velha. Pela tarde é a vez da Escola João Nelson Ribeiro,do bairro do Telégrafo.

“Esse é um projeto inovador. Nossos alunos vão poder sair das salas de aula para conhecer os atrativos de Belém e a nossa história que é muito rica. As crianças estão bastante ansiosas para o primeiro passeio”, comenta Maria Divone de Brito, diretora da escola Honorato Figueira.
Fonte: Agência Belém.
Texto: Vanessa Lago
Foto: Oswaldo Forte
Coordenadoria Municipal de Turismo do município de Belém (BELEMTUR)

Dia do Guia de Turismo - Café da manhã especial

Ocorreu na ultima sexta-feira (16/05) o café da manhã em homenagem aos Guias de Turismo do Pará, no Pier 47, no Complexo Ver-o-Rio. A realização do evento teve a participação dos servidores da BELEMTUR e do Prefeito de Belém, Zenaldo Coutinho.
Zenaldo Coutinho (Prefeito de Belém), Ana Célia (Presidente do SINGTUR-PA) e Maikenn Souza (Secretário de Turismo - BELEMTUR)

Adicionar legenda

Os Guias de Turismo do Pará - Patricia Ladeira, Ana Luz, Auxiliadora Sidou, Igor Carvalho, Jacimara Nogueira, Rita Silva, Júnior, Luizete, Nazaré Kawage, Marco Romero, Batalha, Ana Célia.

Reunião dos Guias de Turismo para o debate de assuntos do mercado de trabalho.

Ana Luz, Ana Célia, Ângela do Mar e Fábio Romero.
 Fotos: Guia de Turismo Patrícia Ladeira
Edição: Guia de Turismo Angela do Mar

sexta-feira, 9 de maio de 2014

Dia do GUIA DE TURISMO

Parabéns a todos os Guias de Turismo do Brasil e do Mundo!



Fonte: Guia de Turismo Patricia Ladeira
Disponível em: Facebook Patricia Ladeira https://www.facebook.com/patricia.ladeira.92

segunda-feira, 5 de maio de 2014

Dia do Guia de Turismo

Todos os Guias de Turismo estão convidados a participar da homenagem à categoria no dia 13/05, às 9hs, para o café da manhã no Pier 47 no Ver-o-Rio.



domingo, 4 de maio de 2014

ASSEMBLÉIA GERAL GUIAS DE TURISMO 05/05/2014

Caros associados, gostaríamos de informar que a Assembléia Geral dos Guias de Turismo ocorrerá conforme abaixo:
 
Dia: 05/05/2014 (segunda-feira)
Horário: 18:00h
Local: ABAV-PA
End.: Rua Ó de Almeida, 490 Ed. Rotary, Sala 501 Centro

Pauta:
- Congresso de Guias 2014 e proposta 2015, com Bonito;
- Estreitamento de relação Guia e Empresários;
- Denúncias enviadas ao Singtur-Pa;
- Apresentação e discussão dos roteiros gastronômicos Enjoy;
 
Fique informado, quem são os representantes do Singtur-Pa:
 
Diretoria – Conselheiros:
- Presidente – Ana Célia (2012 a 2014);
- Vice-presidente – Nazaré Kawage
- Financeiro – Antônio Cunha e Patrícia Ladeira
- Conselho de Ética – Ana Paula Magalhães
- Secretários – vago
- Qualificação e Comunicação – Sheila Brecheret e Angela do Mar
- Conselheiro – Fabio Romero
 
Ps.: não esqueçam de levar os valores referentes as mensalidades do Singtur-Pa;
 
Venha, participe, divulgue para a sua lista de contato. Esta luta também é sua!
 
Ana Célia
Presidente Singtur-Pa - Ética, profissionalização e transparência!
Contatos: 55 (91) 8853-2295 / 8186-4594 / singturpa@gmail.com.br / http://www.singturpa.blogspot.com/
Correspondências: Tr. Tirandentes, 740, Ap: 601 - CEP: 66053-330
 
Fabio Romero
Turismólogo
Conselheiro Singtur-Pa

quinta-feira, 10 de abril de 2014

Visitem a Exposição "Fogo Sagrado" no MHEP!




EXPOSIÇÃO FOGO SAGRADO
PINTURAS DO ARTISTA PLÁSTICO SIMÕES.

Periodo: de 10 de abril a 10 de maio
Local: Museu do Estado do Pará (M.E.P)
Obras: 28 obras, na técnica acrílica sobre tela, em dimensões variadas

Informações à Imprensa: 91 8134.7719/ 3088.5858 (Luciana Medeiros –ascom Simões)/ Gorete Lourinho (Ascom – MEP- 4009-9833)
Fotos do artista Simões: Walda Marques
Fotos das obras de Simões: Tamara Saré

Simões abre a exposição “Fogo Sagrado” em abril no MEP

       Um dos mais premiados artistas do Pará está de volta ao circuito de exposições de Belém. José Augusto Toscano Simões, que assina artisticamente apenas como Simões, vai abrir nova exposição: “Fogo Sagrado”, que ficará aberta ao público de 10 de abril a 10 de maio, na Galeria Manoel Pastana, no Museu do Estado do Pará, onde o artista vai ocupar três núcleos, os mesmos onde estiveram recentemente as obras de Portinari.
       As 28 obras, em formatos variados, serão distribuídas nas assim intituladas “Sala do Espírito do Tempo”, “Sala do Desassossego e das Paixões” e “Sala dos Sonhos e das Revoluções”.
      O nome da exposição “Fogo Sagrado” faz uma referência ao que a arte tem de especial para ele. “A arte é uma chama, uma energia, tem uma exigência que exige um compromisso com ela”, afirma.

      E nesse exercício de profunda imersão, Simões referenda artistas do século 20, os de vanguarda e os que foram importantes em sua formação, aborda o lado obscuro do desejo e das constantes mudanças feitas de forma pacífica ou aguerrida. “Os três espaços se interrelacionam, uma sala está ligada à outra, formando esse fogo sagrado”, conclui o artista.   

      Simões nasceu em Belém, é artista autodidata que demonstrou interesse pela arte ainda na infância, realizando sua primeira exposição com P.P. Conduru, em 1976. Descartando a arte fácil, Simões evita a reprodutibilidade das obras e, consequentemente, contribui com a legitimação da arte. Assim, o artista se tornou referência como artista plástico paraense, conquistando os primeiros lugares em vários salões.
      Participou de diversos salões em mostras individuais e coletivas e foi premiado em várias ocasiões. Entre as premiações mais significativas podemos citar a exposição no Museu Nacional do Rio de Janeiro e as do Salão Arte - Pará; Salão da Prefeitura de Belém- PA; e Salão Unama de Pequenos Formatos - PA.
      As últimas mostras realizada pelo artista foram em 2008, quando ele mostrou sua produção para “Redesenho”, na extinta Casa Fundação Antar Rohit e, em 2009, “Natureza Imaginária”, no espaço cultural Ministro Orlando Teixeira da Costa, no edifício-sede do Tribunal Regional do Trabalho da 8ª Região (TRT-8).
       Durante 10 anos (1998 - 2008), Simões também se dedicou a um dos principais espaços culturais de Belém, o Café Imaginário que, além da boa música instrumental e da pizza de jambu, também alimentava seu público com arte, promovendo diversas exposições.
       O artista diz que a partir de agora, volta integralmente à sua produção de arte. Há alguns anos morando em Mosqueiro, foi na bucólica ilha situada a 1h de estrada partindo de Belém, em seu atelier, na praia de Carananduba, que neste último ano ele se inspirou para a nova exposição, que marca seus 38 anos de trajetória.


EXPOSIÇÕES

COLETVAS:

·        1976: Galeria Aliança Francesa, Belém-Pará.
·        1979: Galeria UM, Belém-Pará.
·        1980: Segunda Amostra de Desenho Brasileiro, Curitiba-PR.
·        1980: III Salão Nacional de Artes Plásticas, FUNARTE, Rio de Janeiro-RJ.
·        1981: Galeroa PROJECTA, São Paulo-SP.
·        1982: Galeria ELF, Belém-Pará.
·        1982: IV Salão Nacional de Artes Plásticas/FUNARTE, Rio de Janeiro-RJ.
·        1983: Galeria do Universitário, Belém-Pará.
·        1983: Galeria Theodoro Braga, Belém-Pará.
·        1983: Arte Pará ( Salão Liberal, Belém-Pará).
·        1984: Arte Pará ( Salão Liberal, Belém-Pará).
·        1985: Arte Pará ( Salão Liberal, Belém-Pará).
·        1985: VIII 8º Salão de Artes Plásticas /FUNARTE Rio de Janeiro- RJ.
·        1986: Artes Pará Salão Liberal, Belém-Pará.
·        1986: IX Salão Nacional de Artes Plásticas/FUNARTE Rio de Janeiro-RJ.
·        1987: Arte Pará Salão Liberal Belém-Pará.
·        1987: Arte Carnaval (Museu da UFPA), Belém-Pará.
·        1987: Arte e Paixão,Galeria Theodoro Braga, Belém-Pará.
·        1987: Salão de Verão ( Salão Liberal), Belém-Pará.
·        1988: Salão Paranaense de Artes Plásticas , Curitiba-PR.
·        1988:11 Artistas Paraenses, mostra itinerante internacional da UFPA.
·        1988: Novas Fronteiras da Arte do Pará, embaixada da França Brasilia-DF.
·        1990: “Onde as onças bebem água”, Museu da UFPA-Pará.
·        1990: Artes Pará Salão Liberal, Belém-Pará.
·        1990:” Chuva”, Galeria Romulo Maiorana, Belém-Pará.

INDIVIDUAIS

·        1982: Galeria Angelus, Belém-Pará
·        1985: Galeria Theodoro Braga, Belém-Pará.
·        1987: Galeria Theodoro Braga, Belém-Pará.
·        1995: Galeria Graça Landeira, UNAMA, Belém-Pará.
·        2008: Casa Antar Rohit, Belém-Pará.
·        2009: Galeria do Tribunal do Trabalho da 8º região, Belém-Pará.

PREMIAÇÕES

·        1980: Prêmio aquisição,  III Salão Nacional de Artes Plásticas FUNARTE , Rio de Janeiro-RJ.
·        1983: Menção Honrosa do Arte Pará, Belém-Pará.
·        1984: 3º Lugar do Arte Pará, Belém-Pará.
·        1985: 1º Lugar do Arte Pará, Belém-Pará.
·        1987: 1º Lugar no concurso “Em busca de talentos regionais”, Telepará, Belém-Pará.
·        1989: 1º Lugar no primeiro “Salão de agosto da Prefeitura Municipal de Belém”, Belém-Pará.
·        1989: Prêmio Aquisição VIII Salão Arte-Pará, Belém-Pará.
·        1990: 1º Prêmio no Salão de  Pequenos Formatos da UNAMA, Belém- Pará.

quarta-feira, 9 de abril de 2014

XXXIV Congresso Brasileiro de Guias De Turismo em Goiânia, Minhas Impressões. By Levi Freire Jr.


Comitiva do Estado do Pará no 34º Congresso Brasileiro de Guias de Turismo. Na foto da direita para esquerda: Levi Freire Jr – Guia e Bel. Direito, Fábio Romero – Guia e Ms.Turismo, Ana Luz – Guia e Bióloga, Marco Romero – Guia e Comissário de Bordo, Célia – Guia e Pedagoga, Adriana de Freitas – Guia e Bel. Direito, Taís Montenegro – Guia e Bel. Turismo, Ana Magalhães – Guia e Bel. Turismo, Regina Caracciolo – Guia de Turismo, Ângela – Guia e Bel. Matemática & Karina – Guia e pedagoga. Foto: Arquivo pessoal de Marco Romero

Curta Nossa Página no Facebook:Aqui




Texto: Levi Freire Jr
Fotos: Marco Romero, Arquivo Levi Freire Jr,

No período de 26 a 30 de março de 2014, a cidade de Goiânia sediou o 34º Congresso Brasileiro de Guias de Turismo, um dos mais importantes da atividade turística.  O evento aconteceu no Centro de Convenções de Goiânia e reuniu guias de turismo de todo o Brasil.

Este foi meu primeiro congresso de guias, assim, minha ansiedade e expectativa em participar de tal evento foi inevitável. Desembarquei em Goiânia dois dias antes do inicio, de forma que pudesse aproveitar um pouco mais esta cidade que: encanta-me por sua beleza, me fascina por seu povo e me envolve com sua cultura.

Veja Mais sobre Goiânia: Bosque dos Buritis, Parque do Areião, Memorial do Cerrado   

No dia 26 fui um dos primeiros a chegar ao centro de convenções, fui recepcionado gentilmente pela Bombeiro Civil Zaira, e ao entrar fui impactado, positivamente, ao me deparar com os vários stands que estavam sendo montados e que por certo contribuíram para dar corpo ao Congresso.

Os Guias de Turismo Ângela do Mar e Levi Freire Jr no Centro de Convenções de Goiânia.
Foto: Arquivo Pessoal Levi Freire Jr. 


Ainda no credenciamento tive a oportunidade de conversar com alguns colegas guias de turismo, e me sentia feliz em poder trocar algumas experiências com os mais antigos. Após o almoço fizemos um City Tour com o guia local Baltazar que foi um “gentleman” nos colocando a par da cidade e nos brindando com sua companhia.

Levi Freire Jr City Tour em Goiânia.


Mais emoções estavam por vir, na cerimônia de abertura a entrada das bandeiras de cada estado faziam com que os congressistas se pronunciassem em um grande alvoroço. Alguns estados além de entrar com a bandeira levaram suas roupas típicas, músicas e o colorido que representa a diversidade de nosso país. Por certo, a categoria passa por um momento de expectativas, divisões e embates, os quais são necessários para a manutenção de um estado democrático de direito e o avanço nas mudanças. Contudo, o que percebi é que apesar de todas as diferenças, ali, naquele momento, estavam todos unidos em uma só emoção e no orgulho de ser guia de turismo.

Fábio Romero e Levi Freire Jr. com a Bandeira do Pará.
Foto: Marco Romero 
Bandeira do Estado de Goiás. Foto: Marco Romero 


Bandeira do Maranhão. Foto: Marco Romero 


No segundo dia de congresso, 27, iniciaram as palestras, os temas foram os mais variados e a preocupação em se dirigir ao profissional guia de turismo, trazendo assuntos relevantes, atuais e polêmicos foram uma constante, fazendo uma remissão direta com o tema do congresso: “Segmentação e especialidade: desafios profissionais para o guia de turismo.”
O dia 27.03, ainda me reservou uma emoção extra, o de ministrar uma palestra aos colegas guias. Apesar de ter certa experiência, inclusive internacional, palestrar para os guias de turismo gerou em mim ansiedade e um senso crítico ainda maior. Imagine que esta é a 34ª edição do congresso, ou seja, quando este iniciou eu tinha praticamente acabado de nascer, estava com dois anos de idade, e agora, estava ali, diante de tantos profissionais que construíram a história do guiamento no Brasil, e além de grande responsabilidade, uma honra.  

Curiosidade: tive o prazer em conhecer pessoalmente a simpática e carinhosa guia de turismo Sueli Ribeiro, presidente do Sindicato de Guias do Rio Grande do Sul, que me relatou que esteve presente desde a primeira edição do congresso, sem faltar nenhuma edição.  

Levi Freire Jr ministrou palestra elencando pontos relevantes do Direito e Turismo
A plenária estava cheia, guias de todo o Brasil reunidos para ouvir um pouco sobre A LEGALIDADE DO GUIA DE TURISMO ESUA IMPORTÂNCIA NA ATIVIDADE ECONÔMICA: IMPLICAÇÕES PARA O CONSUMIDOR, EFEITOSJURÍDICOS E SOCIAIS.(THE LEGALITY OF THE TOUR GUIDE AND HIS IMPORTANCE INECONOMIC ACTIVITY: IMPLICATIONS FOR THE CONSUMER, LEGAL AND SOCIAL EFFECTS). Um tema que teve sua gênese em meu trabalho de conclusão do curso de Direito e que ganhou o mundo (TMS Algarve - Portugal) ao me unir ao meu colega, amigo e companheiro, mestre em turismo e também guia Fábio Romero de Oliveira e Silva.

Para o Congresso de Guias, Eu e Fábio, trouxemos o modelo de apresentação que fizemos em Portugal, onde juntos, e revezando as falas, abordamos o Direito e o Turismo, o que trouxe maior dinâmica à palestra e melhor compreensão do tema.  Tivemos a honra de dividir o espaço, no formato mesa redonda, com o dr. Hélio a Dra. Eliane e falamos sobre nosso livro no painel que versava sobre: “Lançamento de Livros: a academia de turismo sendo valorizada. Painéis com os Professores Fábio Romero e Levi Freire Jr (Belém/PA), Helio Hintz (São Paulo/SP) e Dra. Eliane Brenner (Goiânia/GO).
O Guia de Turismo valorizando e se aproximando da publicação de obras e artigos das atividades de turismo.”
Iniciei minha fala relatando o início de minha carreira no total 18 anos, sendo 14 anos no Brasil chacoalhando dentro de ônibus, correndo riscos nas precárias e perigosas estradas, mas sem nunca perder o foco: o de levar e trazer em segurança meus passageiros/turistas.
Os Palestrantes Fábio Romero e Levi Freire Jr. Foto: Marco Romero.


Os Palestrantes: Hélio Hintz , Fábio Romero, Levi Freire Jr e Eliane Brenner. Foto: Marco Romero. 

Levi Freire Jr e Eliane Brenner. Foto: Marco Romero

Levi Freire Jr durante apresentação de palestra no XXXIV Congresso Brasileiro de Guias de Turismo.
Foto: Marco Romero  

Levi Freire Jr durante apresentação de palestra no XXXIV Congresso Brasileiro de Guias de Turismo.
Foto: Marco Romero


Falar sobre o Guiamento turístico talvez não seja nenhuma novidade, principalmente para o público o qual estávamos explanando, contudo, fazer relação com o Direito traz a baila vários questionamentos dentre eles as violações em vários níveis do ordenamento jurídico desde a Constituição, passando pelas leis infraconstitucionais, como: as federais, estaduais, portarias. Dentre as violações podemos destacar as relativas aos direitos Sociais, do Consumidor, da Ordem Econômica e crimes como: Exercício Ilegal da Profissão, Falsa identidade, publicidade enganosa,dentre outros.

Uma preocupação constante em minhas palestras é o de apresentar um tema que possa contribuir com o melhoramento dos processos, ou ao menos com a reflexão dos atores envolvidos, e creio que o objetivo foi alcançado. É notório que muito ainda precisa ser feito, estes são os primeiros passos para que possamos ordenar a atividade turística que é tutelada pela Constituição Federal Brasileira, contudo, creio que não se dará apenas com as ações administrativas, pois, isto já é realizado e os resultados ainda são muito tímidos, creio ser necessário ações mais contundentes como chamarmos ao processo o Ministério Público Federal, afinal crimes estão sendo cometidos, direitos estão sendo violados e o pior disto tudo vidas estão sendo ceifadas. 


Dra. Adriana de Freitas e dr. Levi Freire no 34º Congresso Brasileiro de Guias de Turismo.
Foto: Marco Romero


O congresso ainda durou mais três dias com: palestras, visitas técnicas, exposição, networking, etc. Sempre ouvi falar que os congressos de guias de turismo eram “oba, oba”, contudo, não tenho como dizer, pois, não participei das edições anteriores, mas posso afirmar com experiência de causa que este teve profissionalismo e preocupação em levar informações que contribuíssem com a atividade. O envolvimento da maioria dos guias em aprender, apreender e valorizar conhecimento foram presentes e reais.   


Comitiva dos Guias do Pará no 34º Congresso Brasileiro de Guias de Turismo.
Foto: Marco Romero


Na oportunidade parabenizo a todos os envolvidos na organização do 34º Congresso Brasileiro de Guias de Turismo, em especial a Suely Assis e Fabrício Amaral que foram incansáveis para que tudo ocorresse a contento e profissionalismo. Em meu nome e em nome de Fábio Romero agradeço a Suely e Fabrício pelo Convite em participar como palestrante, por certo é um marco na minha carreira de guia de turismo e de extrema importância e relevância em minha carreira jurídica. 
 
Fonte: Blog Levi Freire.